quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Pedaços de Alma

mirror Pictures, Images and Photos

Vejo o melhor de mim em ti... Estranho não é? És como uma reflexo do meu ser. Uma versão iluminada da minha mente negra... Não te conheço... Não me conheces...
Afasta-te enquanto podes... Eu não te quero magoar. Tudo o que toco se reduz a cinzas num remoinho mortal de tristeza e dor. Tu mereces melhor...
Tento reprimir-te num canto obscuro da minha mente mas tu insistes em escapar. Todos os dias, todas as horas. Não me sais da cabeça! Nunca me senti assim... Amo-te e odeio-te por me teres feito amar-te... Sou como um brinquedo estragado. Bonito na prateleira, mas inutil... Já não sei para que sirvo... Qual era a minha função...
Como devo lidar contigo? Como me devo comportar? Não suporto saber que me axas... Funcional... Crias expectativas que vais acabar por descobrir serem falsas e magoares-te... E magoar-me... Não, tu mereces alguém melhor... E ao mesmo tempo não suporto a ideia de te afastares... De me dares razão e te afastares... Porque te amo!
Ajoelhada no chão olho para a minha mão ensanguentada, não sinto dor. Tento apanhar os estilhaços do espelho despedaçado que me rodeiam e é a ti que vejo.
Tão mais bonito e obscuro. Somos iguais e no entanto nunca serás como eu e eu nunca serei como tu...
Aconteça o que acontecer, nunca te vou esquecer.
Adoro-te.

8 comentários:

♠J. کchmid♠ disse...

O "não te conheço, nao me conheces", mas vejo o melhor de mim em tí. é um belo texto sobre a angústia de se sentir de tal forma, eu gostei bastante, reflete muito o que muitos sentem.
Blog Man in the Box

Anónimo disse...

Esquecido por muitos e perdido por entre as brumas da minha memória, buscava em mim a perfeição... Pensando que era um ser único e singular, do nada te encontrei...Irradiaste a minha aura como uma raio de luar transforma uma lago negro num prateado...Cheio de vida e de esperança... Em ti vi aquela luzinha ao fundo do túnel... Aquela esperança que me havia sido roubada há muito tempo... És como uma parte de mim... És como um fragmento perdido do espelho da minha alma, que agora encontrei para me poder reflectir :)

Amo.te Sara <3

Ana Campos disse...

Gosto muito de ler o que escreves.

Aмbзr Girℓ ⅞ disse...

é assim... nunca sabemos quem está do outro lado, mas temos que conviver c/ isso (ou com esse alguem).

vc é F%da com as palavras. parabéns.

Blog Suicide Virgin

Moll Fry disse...

Texto perfeito... como sempre... és talentosa demais...

katitah*=) disse...

so tenho uma pergnta para ti...
será isso bom ou mau?
bjs ffx

Davi Machado disse...

sentimentos por sentimentos, um por um...
um texto de emoções e de dores, talvez de paixões tbm...
tens aquela esquecida intencidade, um bom talento!

Persona Naturale disse...

Ó anónimo vê lá se dizes quem és, está aqui uma pessoa amiga da dona do blog a ficar emocionada com tanta veia poética e dp n dizes quem és lol lol

SAAAAAAAARA I MISS YOU

Bj